terça-feira, 30 de junho de 2009

Há coisas que não dão para mim

Cheguei a uma conclusão: restaurantes de 5 estrelas não são para a minha pessoa. Não, não se deve à minha aparência (era a moçoila mais bem vestida lá do sítio). Sim, sou pseudo-chique e tenho uns gostos mais extravagantes. Ainda assim os restaurantes de 5 estrelas não são para mim.

Muito simples. Eu gosto de comer. Sei que os meus 50 quilos não o denunciam, mas gosto de um bom prato com tudo a que tenho direito.

E o que acontece nos restaurantes finursos? A comida é servida em doses minúsculas e ainda temos de deixar metade no prato (comer tudo parece que é coisas de pobre, vá se lá saber porquê).

Resultado? Vim de lá cheia de fome.
Ora sai uma criatura da redacção a dizer "vou almoçar num 5 star restaurant" (para fazer pirraça) e volta cheia de fome. Não é normal. E depois o que faz? Desata a devorar toda a papinha que lhe aparece à frente (bolos com cremes, bolachas, chocolates...) o que é uma desgraça. Eu sei que todos os meus pares de calças estão largos, however não estou nada preparada para voltar a um 36 ou quiça um 38. Não, não e não!

Por isso, senhores RPs, para a próxima marquem quelque chose num sítio onde se coma bem ou então avisem que eu dou um saltinho à tasca antes de embarcar.
Correu tudo bem no fancy lunch.
Às 16h00 estou alcoolicamente alegre.
Lançamentos de bebidas têm destas coisas.

Ultraje!

Quis armar-me em do it yourself girl. A preguiça para ir à esteticista era mais que muita e decidi confiar na Veet com os seus belos anúncios "qualidade profissional".
Ora pensei eu que comprava esta gigajoga, aplicava e ficava novamente com a carinha laroca mas não.
Aqueci a água, pus o tubinho dentro do copo (como indicam as instruções). Vou aplicar a cera, so far so good, ponho a banda, puxo e nada. Ou melhor, a cera ficou no mesmo sítio e os pelinhos também.
À meia-noite e com todos os centros de estética fechados qual foi a solução? Usar a bela da pinça e arrancar os pelinhos um por um. Meus senhores, eu não sou uma menina sádica mas eis que os tipos da Veet não me deixaram outra opção.
Aproveito a ocasião para deixar uma mensagem à Veet: "Seus trafulhas da m****, nunca mais ganham um cêntimo meu!"

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Hangover

Sim, eu sei que já passou. Mas continuo com as músicas na cabeça e o pézinho a bater no chão.
Deitei-me às 2h30 e saltei da camita às 7h00. Pensei que ia estar sleep-walking or something mas não... estou aqui para as curvas.

She rocks!

Katy Perry é claramente a nova Madonna.
O concerto no Campo Pequeno foi over the top. Sim, foram os 29 euros mais bem gastos da minha vida. Para além das músicas do álbum "One of the boys" houve ainda tempo para covers como "hey mr. postman", "don't go breaking my heart" ou "Your love (i just wanna use).
Um espectáculo dinâmico e bem engendrado que recria um universo girly (a fazer lembrar Hello Kitty) em palco.

A rapariga que diz ter beijado uma rapariga e gostado (damned you american boys) saiu-se com a seguinte pérola, esta noite em Lisboa:"How do you say I miss a penis in portuguese?"

Eis algumas das grandes frases do álbum:

"Shut up and put your money where your mouth is. That's what you get for waking up in Vegas" (Waking up in Vegas)

"You're so gay and you don't even like boys" (U're so gay)

"I wanna hit you just to see if you cry (...) Cause you're not a man you're just a mannequin" (Mannequin)

"If you want me, I'm not a piece of ass, a one night stand, a storage shed" (If you can afford me)


domingo, 28 de junho de 2009

Capa da treta

Não é por nada mas acho que os senhores da Playboy Portugal andam a enganar os consumidores masculinos. Não dá para escolher meninas bem feitinhas, ousadas e que não tenham vergonha de mostrar o pipi (tendo em conta a fortuna que vocês pagam elas bem deviam mostrar tudo e mais alguma coisa, mas isso é outra conversa)?
Até agora só gostei da produção da Cláudia Jacques. As fotos da Mónica eram sonsas e sem salero, já as da Ana Malhoa eram de fugir a sete pés.
Já agora quanto é que esta menina ganhou para pôr o bracito à frente das mamas? É que se é assim eu também posso posar para a Playboy. Vou exigir, claro está, a eliminação de todos os sinais que tenho no corpo, para além da bela da casca de laranja.

Senhores da Playboy... vamos lá pensar em meninas realmente boazonas para encher o olho ao homem português. É que assim não vão lá!

Just in case

Sim, já estou em contagem decrescente para terça-feira. Não é todos os dias que pomos as sandalocas tamanho 35 num hotel de cinco estrelas. Ahh pois é.

Pensei, ohh se pensei, levar o meu little black dress acheté à Londres. É lindo que se farta e já há algum tempo que espero uma oportunidade para o usar. Alguém para casar ou baptizar? Uma girls night out cheia de glamour? Não?! Nada.

Era perfeito mas... segundo o meu homem (que tem um lado feminino muito vincado nestas coisas) aquela não era a roupa apropriada para um almoço, ainda que num hotel de cinco estrelas.

Fiquei triste, confesso que fiquei. Primeiro, adoro o vestido. Segundo, o meu ordenado principesco não permite grandes gastos, assim só porque tenho de assistir a um lançamento num sítio finurço.

Enfim, entrei no shopping e dei início à terapia. Um Mc Chicken depois e já conseguia levantar a cabecita. Juntei-lhe um sundae e lá me consegui levantar.

Ora depois foi sempre a abrir... Lanidor, H&M, Zara, Claire's... Anyway já tenho dois outfits suplentes, caso decida não ir de vestido. Um look mais romântico e o outro claramente inspirado no Coco avant Chanel.

Algumas dezenas de euros depois é caso para dizer que... já me sinto melhor.

sábado, 27 de junho de 2009

Há momentos mágicos, preenchidos por instantes decisivos, que me deixam a pensar "he's the one".

C'est pas mal

«There is time for love and time for work. That leaves time for nothing else» - Coco Chanel

"Precisa de ajuda?"

Se há coisa que não gosto mesmo nada é de entrar numa loja e ter as empregadas atrás de mim com o seu "precisa de ajuda?".

Eu sei que as desgraçadas são pagas para fazer aquilo, que há cameras na loja e que o gerente deve andar por perto. Sei que podem ser chamadas à atenção caso não melguem a clientela com o "precisa de ajuda?".

Mas porra, se há coisa que me deixa francamente mal disposta é isso. O "precisa de ajuda?", o "disponha sempre", o "qualquer coisa, diga". Sou daquelas pessoas que gosta de entrar numa loja e ver à vontade. Se precisar de ajuda faço questão de bracejar, saltar, gritar, enfim... o que for preciso.

Aproveito a ocasião para esclarecer que o sistemático "precisa de ajuda?" não só não funciona comigo como (em grande parte dos casos) faz com que saia da loja, poucos segundos depois.
Não tenho paciência, não gosto!

Isto voltou a acontecer ontem na Parfois. Estava a ver umas malinhas e zás "precisa de ajuda?". "Ahh... não, obrigada!". Resultado: pirei-me da loja em menos de cinco segundos.

Sim, estou a falar a sério. Sei que pode ser paranóico mas é algo que não aguento mesmo. Faço então um pedido às funcionárias das lojas (roupa, acessórios e perfumes) que não me cumprimentem com o vosso "precisa de ajuda?", a não ser que o solicite.
Estamos conversadas?


sexta-feira, 26 de junho de 2009

Butterflies in my belly

Ontem, durante o horário de trabalho, recebi a seguinte mensagem:
«Eh eh! Surpresa para amanhã ;)»
Hoje, o tempo demora a passar...

Welcome to the real world



Nova Iorque, 26 Jun (Lusa) - Depois de estar acostumada a viajar com todo o luxo e sem ter de misturar-se com o povo, Ruth Madoff, esposa do responsável de uma das maiores fraudes económicas de sempre, vê-se agora obrigada a deslocar-se de metro.

A esposa de Bernard Madoff é agora assediada por vários fotógrafos, tendo já questionado um deles: "Divertes-te a envergonhar-me e a arruinar a minha vida?", terá perguntado Ruth Madoff a um fotógrafo do New York Post que a encontrou quarta-feira no metro da cidade, no centro de Manhattan.

Ruth estava com óculos escuros, tinha vestidas umas calças de ganga, uma camisa branca e um casaco vermelho "grande de mais". Nos pés, a mulher de Bernard Madoff tinha uns sapatos rasos "fora de moda", segundo o diário nova-iorquino.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Maldito ordenado

Após ler a Sábado desta semana fiquei a saber que tenho um fascínio por malas caras. Algumas delas exurbitantes e que custam quase dois meses do meu ordenado.
É uma questão de ganhar o Euromilhões e não se fala mais disso.

Caro S. Pedro

Venho pedinchar que sábado faça sol.

Vá lá... é a primeira vez que te peço bom tempo. Preciso mesmo de ir à praia apanhar uma cor nas pernocas e nos ombros. A culpa é de um almoço de negócios, terça-feira, num sítio para lá das cinco estrelas. É mesmo preciso. Marca a diferença entre o chic e o unbearable.

Sim, tem mesmo de ser sábado. No domingo tenho uma festa de anos e aquilo é logo na terça.

Prometo que não volto a pedir. Nem no dia do meu casamento (uma vez que tal dia nunca irá acontecer).

Convencido com os argumentos?

Saudações,

Pecansis

Hello Katy Tour

Sou um daqueles bichos estranhos que vai aos concertos não por ser crazy about someone, mas por curiosidade quanto à performance do artista em questão.
Quanto à senhora da foto gosto bastante da atitude e da irreverência do seu "I kissed a girl". Gosto dos restantes singles e a primeira leitura que faço do álbum é positiva. As I've said it's all about the attitude.
Agora já sabem onde vou estar no domingo à noite.

Acabadinho de chegar!


Outra maravilha do online shopping e entrega no trabalho. =)

quarta-feira, 24 de junho de 2009


Agora sim!


Coisas que nos deixam a pensar

-Bom dia! Quero um isqueiro.

-Pode ser esse? (diz a empregada brasileira colocando o isqueiro no balcão)

-Sim. Quanto é?

-Cinq... (não consegui apanhar bem)

-Quanto?

-Prá você são cinquenta cêntimos.

-Ahh obrigada, até logo.

Fico a pensar se terá feito um desconto ou inflacionado o preço.

terça-feira, 23 de junho de 2009

From London with love



Viva as compras online e as entregas no local de trabalho.

In love

Sinto-me extremamente tentada a gastar as minhas poupanças para o Natal nesta trench da Burberry.

Ódio Matinal

Executivos do sexo masculino a operar em Sete Rios.

PROCURA-SE

Uma vez que invadiram o único sítio onde conseguia ter privacidade.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Esta 5.ªf nos cinemas


Coisas parvas

Encontrei no Priberam uma definição mui sui generis para botão.
Cliquem na imagem para descobrir.

iWant #3

I'm gonna tell you a secret.
Não é nada de transcendente.
Sou viciada no Project Runway. Já vi todos os episódios, de todas as seasons, mais de 3 vezes. E volto a ver vezes sem conta, apesar de já saber tudo o que se vai passar.
Assim sendo este livro da Nina Garcia (júri carismática do programa) é mais do que obrigatório. O mesmo se aplica ao Tim Gunn, Michael Kors e Heidi Klum.

As segundas-feiras têm destas coisas


São 10h15 e já vou no segundo café do dia. Mais dois and I'm ready to go!

Após quase 23 anos de tentativas...

consegui matar uma mosca.
I know it's silly, mas é uma vitória pessoal.

sábado, 20 de junho de 2009

Achado não é roubado

Hoje aconteceu-me uma coisa extraordinária: encontrei uma nota de 10 euros.
Não sei quem a perdeu. Encontrei-a na papelaria do shopping junto à secção dos livros. Estava ali direitinha no chão, sem vivalma por perto. Deixei cair o lenço de papel no chão, baixei-me e apertei-a na mão.
Se pensei gritar "Alguém perdeu 10 euros?" - Não.

Pouco depois pensei "What the hell. What goes around comes around". Isto foi por ter perdido uma nota de 10, no Colombo, há dois meses.

Nem sabemos por quê

Num jantar a dois, pouco ou nada romântico, demos por nós a falar no nome das criancinhas, dos futuros rebentos, sim... dos filhos que ainda não foram concebidos mas que queremos ter.
Ele é um brincalhão de primeira e sabe que levo tudo a sério. Não fez por menos. Começou a sugerir nomes inconcebíveis.

Silly me.

Enfim, a culpa é do R. que levou a sua filhota (amorosa) de 2 anos para o trabalho. Avariando, assim, o relógio biológico de muito boa gente.

Aviso

Tão cedo não volto a comer na Lusitana.

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Às vezes sinto-me cansada e sem forças. Às vezes o medo apodera-se de mim e eu deixo-me levar. Mas terei de ser assim tão fraca? Terei de ceder? Não cruzo os braços. Bato o pé. Não me deixo levar.
Mas às vezes, depois de tanta luta, apetece. Passa-me pela cabeça. Luto e continuo a lutar. Até quando? Não sei.

Le ménage da Calvin Klein


Esta imagem está a chocar muitos dos que passam pelo cruzamento da Lafayette com a Houston Street, no limite do SoHo em Nova Iorque.
Grace Washburn passa todos os dias neste cruzamento com o filho, de seis anos, mas está a pensar mudar de itinerário desde que a Calvin Klein instalou um gigantesco outdoor na esquina.
A publicidade é considerada «declaradamente obscena» e há quem diga que a CK «pisou o risco» só para vender umas calças.
Eu cá gosto bastante da imagem e do conceito. Não me choca. Não consigo entender o porquê de tanto sururu. Enfim, mais uma prova de que os americanos não são assim tão easy-going.
Não é a primeira vez que uma publicidade da marca é alvo de protestos. Anyway, a Calvin Klein já aprendeu que qualquer publicidade, mesmo a má, é boa publicidade.

quinta-feira, 18 de junho de 2009

O que comprar com o 2.º ordenado?


Hoje, à hora do almoço, o EC questionou-se sobre o que vai comprar com o seu 2.º ordenado. Na altura também não sabia bem o que fazer com o meu. Meia dúzia de horas volvidas e já sei o que vou comprar: o conjunto da foto (tudo da Zara). Já experimentei o casaco e foi amor à primeira vista.
Sim... o meu ordenado ainda dá para mais umas coisitas. Mas isso agora também não interessa nada.
Sarah Jessica Parker

Entonces que agora sou considerada a especialista em backoffice cá do sítio. É o que dá ter este ar chic-geek e safar-me na publicação de conteúdos online.

Mas daí a ser uma expert ainda vai um longo caminho.

iWant #2

DKNY

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Jimmy Choo meet H&M

Para meu delírio (e de muito mulherio) o Jimmy Choo vai lançar uma colecção para a H&M, já no próximo Outono.
Walking with a Jimmy Choo's wont be that impossible. A dream come true!
Já agora... dá para fazer pre-order?
Os miminhos curam tudo.

#@!#

Kate Moss
É caso para dizer: "agora é que me foderam"
Às vezes gostava de ser uma tipa incompetente (só por uns momentos).
Odeio praia, mas o calor que se faz sentir obriga a uma excepção.

terça-feira, 16 de junho de 2009

Help!

O meu blazer bege foi feito refém pela 5 à Sec.
Motivo? Perdi o talão que permite recuperá-lo. É o que dá andar com sei lá quantos talões na carteira.
Alguém sabe como posso "descalçar esta bota"?

Uma certa nostalgia


Saudades do corre-corre, da confusão das linhas, das filas avassaladoras, das plataformas cheias de gente.
Saudades do sushi ao almoço e ao jantar. Saudades dos pequenos-almoços no Starbucks enquanto se lia a jornalada. Saudades daqueles dias porque, hoje, não há sol lá fora.
Saudades daquele corre-corre nosso somewhere only we know.

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Às 15h30 ainda estou meio a dormir.

Ainda a tentar acordar!

Mucoperiósteo. Vestibulo. Crista zigomáticoalveolar.

WTF?

I hate Mondays!

Mas venha lá uma coisinha destas para ajudar a superar!

sexta-feira, 12 de junho de 2009

"Vou pedir ao Sto. António"


Hoje lá se enforcaram, perdão casaram, mais uns quantos. É uma data inteligente para casar se: a) nasceu em Lisboa, b) for selecionado pelo programa "Noivas de Sto. António".

Sim, porque quer isto dizer que está tudo pago. O vestido, as jóias, a boda e trinta por uma linha. O que é preciso dar em troca? Abrir as portas da privacidade. 

Primeiro têm de dar entrevistas aos media e depois partilhar o grande dia com todos os portugueses. Valerá a pena? Não sei, sou suspeita para responder. Tenho uma certa fobia ao casamento e partilhá-lo com meio Portugal torna-o ainda mais assustador.

Enquanto fazia zapping (sim, é o que se faz quando estamos na cama a curar a bela da gripe) assisti à entrevista que uma das meninas da RTP fazia a um noivo:

Repórter: "Então pediu muito ao Santo António para lhe arranjar uma noiva?"

Noivo: "Sim, pedi muitas vezes"

Bem, eu duvido seriamente que algum homem nos dias de hoje vá pedir ao Santo António uma noiva para casar, e ainda por cima muitas vezes.

Cá para mim o rapaz não encontrou resposta melhor, tendo em conta que lhe estavam a pagar a festarola toda. Creio que se assemelha muito à situação por mim vivida aquando o meu baptizado:

Padre: "Está prestes a fazer a Primeira Comunhão. Vai continuar a seguir o caminho de Jesus?"

Eu: "Siiiiiiim!" 

Enfim, big fat lie. Sorte minha que o Padre não viu as figas que estava a fazer por trás das costas. Espero que o Sto. António também não tenha visto as figas deste recém-enforcado.

quinta-feira, 11 de junho de 2009

iWant #1

Ipanema by Gisele Bundchen

Amanhã

Amanhã enquanto vocês vão estar aqui:


Ou aqui (a trabalhar)


Eu vou estar aqui (a recuperar da gripe).

Enfim, não pensem que vou ter um grande dia só por estar de folga. Toodles!

Continuo com tosse

Sabem de algum remédio caseiro que seja (quase) milagroso?

(almost) Perfect day!



Porque afinal não há razão para desilusões, para palavras mal medidas e atitudes mal pensadas. São coisas da malvada gripe que teima em ficar (tenho quase a certeza).
Quando estás a meu lado tudo é perfeito! Perco-me no brilho teu olhar, no teu sorriso... esqueço todas as parvoíces e tolices minhas.
Peço desculpa pelos devaneios que chegaram com esta gripe.
Adoro-te!
СПАСИВО

I'm back!

Nestes dois dias recuperei parcialmente a voz, acabei com o stock de lenços de papel cá de casa e apanhei mais uma desilusão. Esta última já começa a ser habitué.

O que interessa é que está sol lá fora, já consigo falar e vou mas é largar este pijama de inverno, tomar um banho e despertar para a vida.

See you later!

terça-feira, 9 de junho de 2009

Calmante para a tosse?

Uma vez que já ninguém aguenta com a minha tosse... vou tentar silenciá-la com uns quantos destes.

Acordei sem voz

Enquanto não melhorar só falo por e-mail ou sms.

Toodles!

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Thank you HMV



Já chegou! O dvd d' O Diabo veste Prada directamente de Inglaterra, só para mim. Encomendei na quinta-feira e hoje (ainda antes das 11h00) já tinha sido entregue na redacção onde trabalho.

Vem mesmo a calhar, hoje estou naqueles dias. Vou fechar-me no quarto com um balde de pipocas e os medicamentos da gripe.

See you tomorrow!

Avariada

Estou com dificuldades em trabalhar (a máquina está lenta e dou os textos a rever). Como se já não fosse suficiente a tosse e os espiros quase que desmaiei duas vezes.
Preciso de chá, mimos e cama.

Incrível

Uns tipos lançaram uma marca em Janeiro e já se apresentam como "líderes de qualidade"

9h30: bateria fraca


Crap! Algo me diz que vai ser um daqueles dias...

domingo, 7 de junho de 2009

É oficial: hoje estou imprópria para consumo

Cabelo oleoso e despenteado. Nariz vermelho. Tosse. Pingo no nariz. Sem paciência. Mau humor.

Já votei!

Pela primeira vez estive indecisa em quem votar.
Habitualmente voto A, mas desta vez fiquei na dúvida se votava A, B ou C.
O problema: os candidatos do B ou C não são grande coisa, apesar das ideias defendidas.
Solução: votar no de sempre.

Estou de molho

A culpa é da mudança de clima - do calor abrasador para a chuva molha parvos. O corpo não estava nada à espera da mudança e o resultado foi uma bela constipação. 

Começou na sexta-feira à tarde com uma valente dor de garganta. A dor de garganta deu lugar à tosse, aos espirros e ao belo do ranho. Só espero estar em condições para voltar, amanhã, ao trabalho.

Enfim, vou sair para votar e volto logo de seguida para o vale dos lençóis, sempre acompanhada da Time, Vanity Fair e Empire.

Uma prendinha

Sexta-feira, quando cheguei a casa, tinha este pequeno mimo à minha espera. Sim, o belo do Nokia avariou pela 4.ª vez em seis meses. Uma vez que os senhores da Nokia não sabem reparar telemóveis, eis que tive de partir para outra. 

E, avanço desde já, não volto a comprar Nokia enquanto não superar o trauma.

So far, so good... a bateria é que se está a evaporar rápido. Gosto particularmente do formato e das funcionalidades, ou melhor, da possibilidade de personalizar o telemóvel à minha maneira. Já descarreguei uns quantos temas e ringtones. O sinal de chamada pode ser diferente consoante o contacto e ainda posso adicionar foto do mesmo.

Sim, eu sei que isto não é nada de extraordinário no universo dos telemóveis. Contudo, não consguia fazê-lo com nenhum dos meus anteriores.

A grande vantagem: sempre que ouvir o "No you girls" dos Franz Ferdinand, já sei quem está a ligar.

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Já cá canta!


Quatro estágios depois e eis que chega a bela da minha carteira profissional de jornalista, provisória até 27 de Janeiro de 2010.
Foi uma coisa sofrida. Mas já cá canta, ou melhor, já cá está enclausurada na minha carteira de documentos. Onde deve estar.
Mais vale tarde que nunca! =)

Capuccino to go!



Tenho um certo fascinio pelo conceito de "coffee to go".
Gosto da sensação de passear-me pelas ruas com o café pela mão.
Habitualmente, uma vez que não tenho nenhum Starbucks ou Magnólia junto ao trabalho, opto por tomar café na estação. O queima-tempo ideal enquanto o comboio não chega.
Hoje não segui a rotina.
Não tomei café na estação, nem parei na pastelaria da Columbano.
Fiz um desvio e passei pela LYZbonne (just across the street). Motivo: têm expresso, capuccino, latte e macchiato to go!
O recipiente é simples e não tem o mesmo estilo que a do Starbucks.
Uma experiência agradável e a repetir. Só faltava os óculos de sol para o look ficar completo. Maldita chuva!

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Guilty pleasure a caminho

Há filmes a que recorro quando estou de cara no chão.
Não são grandes filmes, não têm grandes argumentos e são fracos a nível cinematográfico. No entanto, e desconfio cada vez mais que este é o papel deles dentro da sétima-arte, conseguem abstrair qualquer um do seu sofrimento.
Funcionam, por vezes, como uma mensagem de esperança. A tal luz ao fundo do túnel, com actores bem pagos, algumas piadas mal paridas e mais de uma hora de duração.
Já descobri, pelo menos, dois filmes que me conseguem recompor. Refiro-me ao "Sexo e a Cidade" e "O Diabo Veste Prada".
O primeiro funciona, sobretudo, quando estou desiludida com os homens.
O segundo é uma clara mensagem de esperança para quem acaba de entrar no jornalismo, ou melhor, para quem levou algum tempo a conseguir entrar na profissão (com carteira profissional e um ordenado ao final do mês).
Já aluguei "O Diabo Veste Prada" no videoclube pelo menos quatro vezes. Parvoíce da minha parte. Já podia estar há muito na minha colecção. Primeiro não tinha dinheiro, depois não conseguia encontrá-lo em lado nenhum. Mais tarde tinha dinheiro e encontrei o dvd numa Fnac. Pediam 15 euros, too much para um filme que não era propriamente recente.
Virei-me, então, para a tão amada HMV. Puxei do Visa e neste momento já vem a caminho um "O Diabo Veste Prada" directamente de Londres. Não chegou a seis euros, já com os portes. Agora resta ficar de olho na caixa do correio.

Ainda bem que o fim-de-semana está a chegar

Hoje acordei assim.
Despida, relaxada, de bem com a vida. Com vontade de ficar assim horas a fio. Na ronha. Nos teus braços.
Só depois me lembrei que era quinta-feira negra no trabalho.

Comprei a Sábado


Esqueci-me do material de leitura em casa. Decidi comprar uma newsmagazine enquanto o comboio não aparecia.
- A Focus continua o lixo do costume;
- A Visão socorre-se do avião e de uma entrevista com a Alexandra Lecanstre (Nahhah);
- A Sábado ainda vinha com o Nuno Lopes e o criador do Twitter.

Deixei-me seduzir pela última, bastaram três estações de comboio para perceber que tinha deitado 2,85€ à rua. Seriam melhor empregues num maço de cigarros ou no Euromilhões de amanhã.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Sobre o casal do momento

Nunca gostei do Quique Flores, however não suporto mesmo a Ursa (cof Orsi) Feher. The girl knows how to get me on my nerves, para tal basta abrir a boca e vomitar o seu português mal lambido.

Assim dá para ver melhor

Sim, continuamos inseparáveis.
Eu, as sandálias e a mala preta estilo Prada.

F.U. Week

Esta é oficialmente a semana do dedo levantado, pelo menos para a minha pessoa.
Resta dizer (e esperar) que os ventos tragam outro fado.

Foto: Heidi Klum
DIREITOS DE IMAGENS

Todas as imagens neste blog são retiradas de outros sites e usadas apenas para fins recreativos.
Não é pertendido usar os direitos de autor de outros, por isso sempre que possível é referida a fonte.
Caso alguma imagem esteja contra este estatuto mande-me um e-mail.